Mais de 2 milhões de devotos lotam as ruas de Belém no Círio de Nazaré
12 de outubro de 2017
Papa fala sobre os 300 anos de Aparecida
11 de outubro de 2017

A importância dos presépios.

O presépio é uma das representações mais singelas do nascimento de Jesus Cristo. Procura resgatar a importância e magnitude daquele momento e ao mesmo tempo lembra-nos a forma simples e humilde em que se deu o seu nascimento. A presença do menino Deus naquele estábulo, ao lado de seus pais, tendo por testemunhas os pastores e os animais. E junto, recebendo a visita dos Magos, guiados à gruta pela estrela de Belém, mostra a grandeza e a onipotência de Deus representada na fragilidade de uma criança.

Fazer presépios é unir mundos.

É unir as pessoas, os animais e o mundo mineral se unem na contemplação do nascimento de Jesus. São Francisco de Assis, criador o presépio, queria visualizar, sensibilizar, facilitar a meditação da mensagem evangélica do conteúdo do mistério de Jesus Cristo, que nasce na pobreza, na simplicidade, para fazer o homem mais humano: Filho de Deus, irmão de todos os demais homens, harmonizado com o universo.

Vladimir Costa da Silva
Vladimir Costa da Silva
Colaborador da Catedral de Porto Alegre. Cristão e Missionário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *